Cidades Sustentáveis

Para garantir-se a sustentabilidade de uma cidade, é necessário a criação de uma política de desenvolvimento para promover o desenvolvimento do meio ambiente natural em equilíbrio com o meio construído.

Para ser sustentável, a cidade precisa adequar a sua infraestrutura urbana, como prédios, ruas, sistemas de abastecimento de água, esgoto, gás, que devem respeitar o meio ambiente natural, a fim de não alterar a umidade, o calor, a ventilação, etc.

O conceito de cidade sustentável presume que haja atendimento às necessidades da população residente, tais como equipamentos urbanos e comunitários, transportes e serviços públicos adequados aos interesses e necessidades dos habitantes locais.

Para isto é necessário garantir, por meio de leis próprias, a utilização correta do uso e ocupação do solo, limitando o uso de espaços a fim de impedir o uso inadequado da infraestrutura urbana para a construção de empreendimentos que possam impactar, negativamente o meio ambiente, gerando excesso de tráfego, poluição e, consequentemente, degradação ambiental.

Outra vertente das cidades sustentáveis é comprometer a população residente com o uso inteligente dos recursos naturais, a fim de e evitar desperdício de água e energia, criando espaços multiuso, incentivando o uso de transporte alternativo e, especialmente cuidando do tratamento do lixo local, repensando, reutilizando e reciclando todos os materiais que podem ser descartados.

Uma cidade sustentável, presume uma população educada e consciente de suas obrigações para consigo e o meio ambiente.

logo2 puc
logo3 fundacao
logo4 brasil
 

Desenvolvido por Mamute Mídia
2012 EM Núcleo de Prática Jurídica "Dom Paulo Evaristo Arns da Faculdade de Direito da PUC/SP" | Termos de Uso | Política de Privacidade